Pesquisar este blog

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Gerenciamento de Cores: Criação de Perfil ICC e Compensão de Cores


Uma das maiores dificuldades encontradas no dia a dia de quem trabalha com fotoprodutos é fazer com que a imagem que vemos no monitor seja reproduzido com fidelidade no produto final. Mas afinal por que isso acontece e como corrigir a cor!!

Cada periférico (scanner, monitor, impressora, projetor, etc..) tem um calibragem própria ou perfil de cor com um certo alcance de cor ou Gamut*.

O gráfico abaixo representa todo o espectro de cor visível, porém os equipamentos (monitores, impressoras, etc..) conseguem alcançar somente uma pequena área central deste range de cores.   


Já o gráfico abaixo representa a abrangência de cores (ou Gamut*) relativas a cada tipo dispositivo. O circulo maior representa todas as cores visíveis pelo olho humano, sendo que cada sistema de cores tem uma abrangência limitada.



Em nosso caso específico, que trabalhamos com tintas sublimáticas, usar o perfil padrão das impressoras faz com que as cores fiquem longe da realidade, pelo fato delas virem calibradas de fábrica para tintas e papéis fotográficos. 



________________________________________________________________
Temos dois caminhos: Criar um Perfil ICC**** especificamente dedicado ao conjunto de periféricos de seu uso, ou a "Compensão de Cores", diretamente pelo driver da impressora, que em testes com vários de nossos clientes se mostrou muito eficaz. 

Perfil ICC

O perfil de cor é um arquivo gerado a partir de um calibrador (espectrofotômetro**), que compara as cores emitidas pelo monitor e as geradas pelos impressos, desta forma as cores são gerenciadas com confiabilidade e precisão***.
Os equipamentos mais populares para criação de perfil de cor são da marca x-rite, e consiste um espectrofotômetro em um conjunto de acessórios e software destinados para geração de perfis personalizados.


Um dos pontos negativos para a utilização deste equipamento pelos usuários de um modo geral, é o alto custo do equipamento e a operação não ser fácil ou intuitiva como parece.


Também é totalmente impraticável as empresas que fornecem as tintas e fotoprodutos fornecerem um Perfil ICC genérico, pois para se ter um resultado fiel é necessário se fixar: monitor-impressora-tinta-papel-fotoproduto, se qualquer um destes itens for alterado as cores também serão alteradas e não teriam mais correspondência.

mais detalhes sobre estes equipamentos podem ser vistos diretamente no site da empresa xrite http://www.xrite.com/i1basic-pro-2 

"Compensação de Cor"

Compensação de Cor é um recurso de ajustes simples que vamos lançar mão, baseado nos próprios recursos do driver de impressão. Estes ajustem foram testados por inúmeros usuários da Inkmixx com excelente resultado. Lembramos que ele só é indicado para quem utiliza tintas e papeis fornecidos pela Inkmixx.

Passo 1: Ao dar saída ao impresso, em propriedades de impressão, selecione >Papel Tipo: papel Normal< e >Qualidade: máxima qualidade<. Ao selecionar >papel normal< a impressora vai executar uma mistura de tintas puras, sem misturar as cores para composisões, por exemplo, no caso do preto vai "jogar" somente tinta preta, sem misturar o Magenta e Ciano.



Passo 2: Em Correção de Cores, selecione >Personalizado< e clicar em seguida em >Avançado<. Não esqueça de >Espelhar imagem<.




Passo 3: Selecione >Controles de Cor< e >Barra Deslizante<. Modo de cores >Cor vivida Epson<. Este ajuste faz toda a diferença, e pode ser considerado o "pulo do gato". Ajuste o >Magenta -20<, este ajustes são livres e devem ser adaptados caso a caso. Obs.: Estes ajustes podem mudar de acordo com cada impressora.


Passo 4: E finalmente mantenha >Colorimétrico relativo< e perfil >Epson IJ printer 07<. Abaixo as telas do CorelDraw e Photoshop.



Utilize como modelo de teste e ajustes para comparativos de cores a imagem abaixo, nela temos tons de pele, cores sólidas e degrades. Observe que ao transferir, estes degrades devem ficar neutros, principalmente os tons de cinza, sem "puxar" para o azulado ou avermelhado.



clic para baixar o PDF do arquivo de teste de impressão



*Gamut - Gama de cores ou escala de cores, em inglês Gamut. Significa quais cores podem ser processada por algum meio, seja ele um monitor ou uma impressora. Quando a expressão "fora de gama" é utilizada, significa que a cor não pode ser determinada com precisão em algum dispositivo. 

**Espectrofotômetro é um instrumento de análise, capaz de medir e comparar a quantidade de luz absorvida, transmitida ou refletida por uma determinada amostra.

***Importante - Não se deve esperar uma igualdade absoluta entre o scanner, o monitor e o impresso, pois não se pode comparar o tipo de exibição no monitor e o tipo de exibição na imagem impressa: são totalmente diferentes! (o monitor exibe a imagem projetando a luz, enquanto o impresso reflete a luz ambiente)

****ICC significa International Color Consortium, um grupo de fabricantes lideres de produtos para imagem digital (Agfa, Apple, Fuji, Microsoft, Adobe) que desenvolveram espeficicações para descrever como os dispositivos criam cor. Ele é um arquivo que descreve as capacidades e limitações dos dispositivos que geram cor. Ele deve ser usado para que as cores do monitor se igualem o mais próximo possível da impressão.




terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Photoshop: Retocando fotos e removendo marcas de expressão


A nova tendência: Cabeças de Impressão Lineares

A alguns anos este blog acompanha a evolução do mercado de impressão, as novas tendências e tecnologias, e o que mais nos chamava a atenção eram as impressoras Memjet, desenvolvidas por uma genial empresa Australiana. Mas uma dúvida pairava nos ar, será que maiores companhias mundias (Epson e HP) iriam ficar para trás? A resposta é NÃO, elas foram motivadas a partir para o desenvolvimento deste novo conceito de "cabeças lineares". 
As impressoras que adotam estas cabeças eliminam as partes móveis, deixando assim uma fileira única de jatos em toda a extensão da impressão, aumentando enormemente a velocidade de impressão.
Resta-nos saber como e quando poderemos aproveitar esta nova tecnologia nas impressoras sublimáticas.



Video abaixo mostra o funcionamento das cabeças Memjet Waterfall Printhead Technology



A seguir a tecnologia adotada pela HP e chamada de PageWide



e por fim as novas cabeças Epson Precision Core