Pesquisar este blog

quinta-feira, 22 de junho de 2017

ColorChecker Passport: Cores Perfeitas para suas Fotos

No ramo da Sublimação muito se discute sobre perfil de Cores ICC, porém quando buscamos as cores perfeitas devemos começar pela captação e tratamento corretos desta imagem.

No caso da imagem ter sido captada por uma camera fotográfica digital é altamente aconselhado utilizar um painel de cores padronizados. O mais conhecido e usual destes cartões é o COLORCHECKER PASSPORT X-RITE.


Não podemos apenas confiar em nossos olhos para medir a as cores corretamente. Os nossos olhos podem acabar enganando quando for preciso definir corretamente as luzes e cores em um trabalho fotográfico.


Basicamente sua aplicação na fotografia é para fotometria de cena, para isto, o cartão deve estar recebendo a luz incidente da mesma maneira que o objeto a ser fotografado, seja luz natural ou flash. Mas se a iluminação mudar é necessário fazer novamente.



Passo a Passo
  • Utilize o alvo cinza para fazer o balanço de brancos da sua câmera na luz que vai ser utilizada para a seção de fotos (cada câmera cria o balanço de brancos personalizado de forma diferente).
  • Tire a primeira fotografia (na mesma luz que será utilizada na seção) com os alvos coloridos. Essa primeira foto é muito importante porque será utilizada para criar o perfil de cores e para obter cores precisas nas suas fotos.
  • Pronto, guarde os alvos e fotografe a vontade. Sejam retratos, paisagens ou fotos de produtos, uma festa de casamento ou a imagem de uma flor. O sistema de gerenciamento de cores é útil em todas as situações.
  • De volta em casa (ou no estúdio) abra essa primeira foto que você fez com os alvos coloridos no Photoshop ou no Lightroom, clique no terceiro quadradinho cinza de baixo (para acertar o balanço de brancos) e salve essa imagem que está em Raw no formato DNG (Digital Negative).
  • No software que é fornecido com o produto, abra essa imagem gravada em DNG e pronto: o programa vai criar automaticamente um perfil de cores para essa câmera, a lente utilizada e a situação de luz específica e vai gravar esse perfil no seu Photoshop ou Lightroom.
  • Abra o Photoshop (ou LightRoom), clique no ícone da câmera (Câmera Calibration) e escolha o novo perfil criado como padrão.

Pronto! Agora você vai abrir o resto das imagens e vai usar essa calibração de câmera e balanço de brancos criado para acertar as cores de todas as fotos dessa seção. É simples e rápido. Em pouco tempo você vai acertar a cor e o balanço de branco preciso em todas as imagens. Depois vai tratar delas individualmente ou como preferir, para acertar tom, luzes, nitidez, etc. Mas a parte das cores já estará resolvida.
Veja mais em:

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Criatividade!!!!

A Criatividade é algo almejado por todos, afinal no ambiente competitivo em que vivemos, seja na: música, publicidade, artesanato, finanças, etc.. ser criativo faz toda a diferença. 

Mas será que ser criativo é um Dom??!! Algo quase sobrenatural!!!

Estamos preparando uma sequencia de postagem, que despretensiosamente vamos destrinchar e desmistificar a CRIAÇÃO, levando esta possibilidade a todas estas pessoas. 

Quando perguntaram ao publicitário Washington Olivetto, de onde vem tanta criatividade, ele respondeu: "Criatividade se treina", já Albert Einstein, disse: "Criativo!!! sou teimoso". Já Isaac Newton, proferiu a seguinte frase: "Se vi mais longe foi por estar de pé sobre ombros de gigantes.", assim de uma forma humilde, reconhece que somente com contribuições anteriores foi possível ele elaborar suas Teorias. 

Afinal como funciona este "Processo Criativo"!!! Como a luz branca que ao passar por um Prisma se desvenda em um arco íris e vice versa.. a criatividade é um junção de vários fatores.


  • Fatores Materiais: necessidade, competitividade, capacidade livre associações, perseverança.
  • Fatores Imateriais: imaginação, intuição, ter "mente aberta".
  • Imponderável: Estar no lugar certo no momento certo.

Sim.. reunir todos estes fatores (ou a maior parte deles) é fundamental para o PROCESSO DE CRIAÇÃO, porém um deles nem sempre esta sob nosso controle: estar no lugar certo e no momento certo.. afinal se Santos Dumont não estivesse em Paris no início do século XX, provavelmente ele não teria meios para criar uma das primeiras máquinas voadoras da história.

Para melhor ilustrar o processo de criação vamos postar em breve alguns 'estudos de casos':
  • Lâmpada: Thomas Edison - Perseverança
  • Anel Benzênico: August Kekulé - Intuição
  • Avião: Santos Dumont - Livre Associação
  • Relatividade: Albert Einstein - Imaginação
  • Iphone: Steve Jobs - Lugar Certo na Hora Certa